Escola Técnica Geração

Profissão de cuidador de idosos: como se qualificar

Publicado em 2 de julho de 2019. Categoria(s) Cursos de Extensão, Destaques, Mercado de trabalho

cuidador-de-idosos-profissao-como-se-qualificar-escola-tecnica-geracao

No dia 21 de maio de 2019 aconteceu algo muito importante para os cuidadores de idosos: foi aprovado pelo Senado o projeto de lei que regulamenta essa profissão. Também foi regulamentado, na ocasião, o trabalho dos cuidadores de crianças e pessoas com deficiências raras. A PLC 11/2016 dá segurança para uma profissão que promete crescer com a expectativa do IBGE de que até 2050 a população de idosos triplique no País.

Além disso, a expectativa de vida, que em 1950 era de aproximadamente 44 anos de idade, saltou para 75 anos em 2016. Assim, o País deverá ter cada vez mais idosos, sendo que muitos deles precisarão de cuidados específicos para a idade. Segundo o Ministério da Saúde, 4 milhões de idosos, aproximadamente, possuem algum grau de dependência. Todos esses fatores fizeram com que fosse indispensável a regulamentação da profissão de cuidador de idosos que, mesmo antes dessa realidade, já possuía uma demanda muito grande no mercado de trabalho.

Regulamentação do cuidador de idosos: o que muda com isso?

A união de uma maior expectativa de vida, o envelhecimento da população e um número relevante de idosos que são dependentes de cuidados de terceiros fazem com que o mercado dos cuidadores cresça a cada ano. Isso acontece porque a profissão de cuidador de idosos é a responsável por auxiliar na saúde, na segurança e no bem-estar dos idosos.

A PLC 11/2006, aprovada pelo Senado em 2019, prevê que o cuidador de idosos, para trabalhar de acordo com a nova regulamentação, deve ter o ensino fundamental completo e curso de qualificação para atuar nessa profissão. Os interessados na área devem, ainda, ter idade mínima de 18 anos, não podem possuir antecedentes criminais e devem apresentar atestado de aptidão física e mental.

O cuidador de idosos poderá trabalhar de maneira temporária ou permanente, sozinho ou em grupo. A atuação desse profissional será focada na busca da autonomia e da independência do paciente, providenciando seu bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, lazer, recreação, educação e cultura.

A regulamentação da profissão estabelece outras regras para o cuidador de idosos. Com a legislação, esse profissional está proibido de administrar medicações que não sejam via oral ou sem orientação médica, por exemplo, assim como quaisquer procedimentos de complexidade técnica. Além disso, caso algum desses fatores aconteça, seja comprovado ou caso os direitos previstos no Estatuto do Idoso sejam feridos (Lei 10.741, de 2003), o cuidador de idosos pode ser demitido por justa causa.

Caso o profissional especializado nessa área seja contratado por pessoa física para atuar no domicílio ou como acompanhante de atividades do paciente, o contrato deve ser feito de acordo com as mesmas regras aplicadas para empregados domésticos. Já em contratação por empresa especializada, o profissional estará vinculado às normas gerais de trabalho.

Como se qualificar para atuar como cuidador de idosos

Seja para os interessados em ingressar na profissão ou para os profissionais já atuantes nessa área, os cuidadores de idosos devem, necessariamente, fazer um curso de qualificação, assim como estabelece a PLC 11/2016, aprovada em maio de 2019.

A grade curricular do curso de cuidador de idosos é feita para desenvolver as habilidades necessárias para o profissional e aprimorar as características essenciais para esse tipo de trabalho, como é o caso da paciência, da empatia e da atenção.

Entre as principais disciplinas do curso oferecido pela Escola Técnica Geração estão:

  • Funções do cuidador;
  • Legislação trabalhista;
  • Estatuto do Idoso;
  • Higiene e conforto;
  • Doenças e distúrbios comuns em pessoas idosas;
  • Alimentação saudável;
  • Mobilidade do idoso.

Onde fazer o curso de cuidador de idosos

O aumento da expectativa de vida em conjunto com a triplicação de idosos até 2050 gera uma necessidade ainda maior de profissionais atuando nos lares para o auxílio e bem-estar dos idosos. Cada vez mais esse público precisará de apoio, orientação e segurança.

A Escola Técnica Geração, atuando desde o ano 2000 no mercado, é referência em Santa Catarina na oferta de cursos voltados para as demandas do mercado de trabalho. Entre as opções de formação oferecidas pela instituição de ensino está o curso de Cuidador de Idosos, que tem como objetivo preparar seus alunos para a profissão de acordo com as especificações e necessidades do mercado de trabalho atual e futuro.

Graças ao sistema didático inovador usado na Escola Técnica Geração, o ensino é desenvolvido para aprimorar as competências do aluno de forma humanizada e com forte potencial competitivo. O tempo de duração do curso de Cuidador de Idosos é de 160 horas. Os pré-requisitos para ingressar nessa formação são ter o ensino fundamental completo e idade mínima de 18 anos.

Os formados no curso de Cuidador de Idosos da Escola Técnica Geração estarão preparados para a prevenção, a promoção e a recuperação da saúde de seus pacientes. Os egressos do curso também estarão aptos a reconhecer sinais e sintomas indicativos de distúrbios físicos e psicológicos que podem acontecer com os idosos. Ficou interessado em se preparar para promover o bem-estar e a saúde dos idosos com paciência, empatia e dedicação? Então visite nosso site para conhecer mais sobre o curso de Cuidador de Idosos.

 

ASSINE PARA RECEBER AS NOVIDADES! não lhe enviaremos nenhum tipo de spam.



WhatsApp Entre em contato