• Floripa (48) 97400 1200
  • Itajaí (47) 99284 0967

Blog

Ensino técnico é a solução mais rápida para quem procura por emprego no Brasil
IAvatar Fernando Barcellos

por

Olá! Eu sou o Fernando, Analista de Marketing Digital da Escola Técnica Geração. Espero que você curta esse conteúdo. Boa leitura. Aproveito para deixar um convite para você baixar alguns materiais gratuitos. ;)

Ensino técnico é a solução mais rápida para quem procura por emprego no Brasil

A situação financeira do país vem mudando e traz junto a crescente procura por emprego. Diferente de potências mundiais como Estados Unidos, Alemanha ou Reino Unido, que já são referência em cursos profissionalizantes, o Brasil está muito aquém quando o assunto é educação.

O problema tem solução e a qualificação profissional é uma opção. A rápida inserção no mercado de trabalho vem sendo cada vez mais requisitada e, com isso, tem aumentado a demanda por cursos de nível técnico.

A jornada de quem está saindo do ensino médio e quer entrar no mercado de trabalho costumava ser longa, mas o Ensino Técnico está aí para facilitar os estudantes que desejam se formar e já iniciar sua atuação na área desejada.

Para compreender mais sobre o assunto, vamos iniciar entendendo os motivos de nosso país estar tão atrás em relação às economias desenvolvidas. Além disso, você conhecerá uma das soluções para sair na frente no mercado de trabalho. Continue lendo!

O Brasil está muito distante de referenciais mundiais

Enquanto em muitos países o Ensino Técnico é levado a sério, o Brasil ainda defende a ideia de que o futuro sem ensino superior não é promissor, o que não é uma realidade. Países como Reino Unido, Finlândia ou Alemanha, são referências mundiais quando trata-se de Ensino Médio Técnico.

Para formar cidadãos mais preparados e prontos para o mercado de trabalho, esses países incentivam e oferecem o ensino médio técnico. Esse incentivo é resultante da crise econômica em 1970, quando precisaram adaptar a educação, pois a procura por emprego estava crescendo, junto com o número de desempregados.

Em números, no Reino Unido, cerca de 63% dos alunos são formados no ensino técnico de nível médio, enquanto no Brasil, esse número chega em aproximadamente 8%. Esse é um dos motivos do país estar longe de ser uma referência mundial em relação à mão de obra qualificada para o mercado de trabalho.

Com o número de vagas de nível técnico aumentando e havendo dificuldade para seu preenchimento, o incentivo à formação técnica é fundamental para modificar e evoluir a situação econômica do país.

Formação técnica agiliza a procura por emprego

A formação técnica é mais rápida (de 18 a 27 meses), possui excelente nível de especialização e formação voltada às necessidades do mercado de trabalho. Esses são alguns dos principais motivos pelos quais grandes economias investem tanto na formação técnica. A mesma também é uma das grandes catalisadoras da transformação social, com importante papel na diminuição dos altos índices de desemprego que ainda castigam o país.

O que a Alemanha e a Suíça já realizam há décadas, está sendo implementado aos poucos no Brasil: investir em uma modalidade educacional voltada às demandas do mercado de trabalho, com alto índice de empregabilidade. O ensino técnico no Brasil comemora em 2019 os seus 110 anos de história e de impacto social.

Há mais de 1,9 milhão de matrículas no ensino técnico no país e, segundo dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Estatísticas Educacionais Anísio Teixeira), no último Censo de Educação Superior, ele cresceu 5,6% em comparação ao levantamento anterior.

Em Santa Catarina não é diferente. Os cursos técnicos estão abrindo as portas do mercado de trabalho para milhares de catarinenses. A empresária e CEO da Escola Técnica Geração (ETG), Ana Paula Calaes, explica que a relação de oferta e demanda entre as escolas técnicas e as empresas desempenha o papel de demonstrar as necessidades do mercado de trabalho na área, fomentando a criação de cursos para suprir determinados requisitos em segmentos que precisam de mão-de-obra especializada.

Ana Paula vem defendendo que o ensino técnico é um dos grandes agentes da transformação social, com importante papel na diminuição dos altos índices de desemprego que ainda castigam o País. E Santa Catarina vem se destacando na geração de emprego: o mercado catarinense abriu quase 50 mil vagas no primeiro quadrimestre do ano (dados do CAGED). Mas ainda há uma legião de catarinenses – 277 mil nas contas do PNAD – procurando uma colocação profissional. “Há vagas abertas e o perfil técnico é um dos mais procurados atualmente pelo mercado, mas é preciso ter qualificação para conseguir uma oportunidade”, explica a empresária, que tem 20 anos de experiência à frente da ETG.

Em duas décadas dedicadas à capacitação de jovens e adultos para o mercado de trabalho, a ETG colocou cerca de 12 mil profissionais qualificados no mercado, com um índice de empregabilidade de 70%. Isso significa que, a cada 10 alunos da escola, 7 terminam o curso empregados e atuando na área. A rápida inserção profissional é apenas uma das vantagens dos cursos técnicos. Estudos mostram que aqueles que buscam capacitação – e consequentemente estão melhor preparados – acabam ganhando mais: o rendimento extra é de até 18% na remuneração.

Os exemplos dos países europeus

Apesar de estarem em pleno crescimento, os índices no Brasil ainda são baixos, se comparados às demandas do mercado. “Enquanto a Alemanha tem cerca de 50% dos seus profissionais no nível técnico, no Brasil esse percentual é de 11%, pois ainda somos educados para buscar a graduação”, salienta Ana Paula.

A Alemanha já reconheceu a importância para a economia: os jovens que procuram os cursos técnicos são rapidamente absorvidos pelo mercado, que valoriza essa mão-de-obra altamente qualificada. O Brasil ainda vai na contramão desta tendência mundial: apenas 11% dos alunos em idade escolar buscam a educação profissional.

Relatório divulgado recentemente pela OCDE mostra que 61% das empresas brasileiras têm dificuldades para preencher vagas das áreas técnicas. “É com investimento em capacitação profissional e mão-de-obra altamente qualificada que o Brasil e Santa Catarina crescem e se desenvolvem: é preciso dar a devida importância ao ensino técnico profissionalizante, buscar parcerias, inovar e usar a tecnologia a nosso favor para promover essa interface entre aquele que emprega e aquele que quer o emprego”, observa Ana Paula Calaes.

A formação em nível técnico pode trazer diversos benefícios, tanto para os estudantes quanto para o país. No tópico abaixo vamos apresentar as possibilidades que essa formação pode gerar.

7 Vantagens dos cursos técnicos

1- Antecipar entrada no mercado de trabalho

Fazer um curso de nível técnico auxilia a destacar-se no meio da multidão que está à procura de emprego. É ingressar no mercado de trabalho com mais facilidade e rapidez. É poder sair do Ensino Médio com formação para atuar em uma profissão a qual escolheu e já tem conhecimento para exercer.

2- Formação mais rápida

Os cursos de nível técnico costumam ter duração de até 3 anos e pode ser realizado concomitantemente ao Ensino Médio. Portanto, poder cursá-lo durante o período escolar é uma forma de economizar tempo e conquistar formação profissionalizante mais rápida.

3- Mensalidades que cabem no seu bolso

O Curso Técnico é sinônimo de economia. Isso deve-se a alguns fatores, como duração reduzida em relação à graduação de nível superior.

4- Conhecimento prático

O Ensino Técnico tem como objetivo o ensino prático voltado ao mercado de trabalho, diferente de cursos de graduação, que oferecem muitas aulas teóricas, resultando em mais tempo de duração. Esse conhecimento prático possibilita a formação no Ensino Médio e a imediata atuação na área cursada.

5- Direcionamento profissionalizante

Ter a opção de fazer um curso de nível técnico é uma ótima opção para descobrir se você realmente gosta de determinada profissão, afinal, com as aulas práticas, é possível saber a rotina de trabalho da profissão desejada.

6- Bom retorno financeiro

As vagas de nível técnico oferecem salários acima da média de empregos sem formação. Ou seja, logo no início de sua carreira você poderá conquistar um bom salário, enquanto muitas vezes, em cursos de graduação seja necessário passar por várias etapas até chegar na remuneração desejada.

7- Vagas de nível técnico em concursos

Os concursos públicos costumam oferecer vagas exclusivas para formados em nível técnico, favorecendo quem estudou menos tempo e já está apto para atuar em sua área de especialização.

Essas são algumas das vantagens que um curso técnico pode trazer, principalmente para quem deseja iniciar a procura por emprego cedo. Essa modalidade de curso é uma oportunidade tanto para quem busca agilidade na formação, quanto para quem não possui condições financeiras para arcar com uma graduação de nível superior.

Conheça a Escola Técnica Geração

  • Unidades em Florianópolis e Itajaí;
  • 200 colaboradores
  • 3 mil alunos matriculados em 7 cursos técnicos;
  • 6 especializações e 30 cursos de extensão;
  • 12 mil alunos formados em 20 anos de atuação no mercado catarinense;
  • Índice de 70% de empregabilidade dos alunos e ex-alunos;
  • Mais de 70 parceiros abrem suas portas para estágios extra-curriculares e emprego para os alunos e ex-alunos ETG.

👉 Conheça a Escola Técnica Geração

🚀 Deseja impulsionar seu futuro profissional?

O Ensino Técnico, de modo geral, oferece cursos de rápida duração (de 18 a 27 meses), com mensalidades acessíveis e conteúdo voltado às necessidades do mercado de trabalho. Esses são alguns dos principais motivos pelos quais grandes economias como Alemanha e Suíça investem tanto na formação técnica, com importante papel na diminuição dos índices de desemprego.

Os profissionais formados na Escola Técnica Geração têm maior aceitação no mercado de trabalho, fruto do prestígio alcançado pela instituição em seus 20 anos de atuação em Santa Catarina. Além disso, seus alunos ainda contam com sistema de encaminhamento profissional, através da Central de Estágio e dos convênios com empresas parceiras.

Conheça nossos Cursos Técnicos

Parabéns
Em breve você receberá com exclusividade nossas publicações e materiais de estudos.
Ocorreu um erro ao enviar o formulário
Preencha o captcha corretamente
Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.

Contato

Conheça nossas Unidades

Florianópolis
Rua Felipe Schmidt, 291, Centro.
(48) 3223.1800
(48) 97400.1200
Itajaí
Rua Felipe Schmidt, 480, Centro.
(47) 3346.3300
(47) 99284.0967