Escola Técnica Geração

Vantagens de cursar ensino médio técnico

Publicado em 18 de julho de 2017. Categoria(s) Destaques, Mercado de trabalho para técnicos

ensino-medio-tecnico

Nos países desenvolvidos o ensino técnico é a escolha da maioria dos jovens que terminam o ensino fundamental. Isso é uma realidade na Alemanha, no Japão e na Áustria, apenas para citar alguns exemplos. Na Finlândia, país que lidera o ranking da qualidade do ensino no mundo, 50% dos estudantes optam pelo ensino técnico após concluir a educação obrigatória. A opção pelo ensino médio técnico é explicada pelo mercado.

Em visita ao Brasil em 2016, a ministra da Educação da Finlândia, Sanni Grahn-Laasonen, explicou que a preferência dos jovens pelo ensino médio técnico ocorre tanto porque a educação profissional oferece oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento de competências para o trabalho, quanto porque ele disponibiliza um caminho para o ensino superior.

 

>> Infográfico Gratuito: Entenda o Novo Ensino Médio

 

Nos últimos anos o ensino técnico no Brasil ganhou impulso especialmente por causa do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). O grande potencial de empregabilidade para quem cursa o ensino médio técnico é uma das grandes vantagens de optar por esta direção na hora de dar continuidade para os estudos.

A pesquisa “Escassez de Talentos” do ManpowerGroup de 2015 revela que o Brasil é o terceiro país entre 42 nações que participaram do levantamento onde os empregadores têm mais dificuldade em preencher as vagas de emprego abertas. Entre os cargos que apresentam a maior dificuldade para o preenchimento a nível global estão, em quarto lugar, os de nível técnico. Ou seja, faltam profissionais qualificados no mercado e quem conclui um curso técnico tem muitas chances de conseguir uma vaga de trabalho.

Confira, abaixo, algumas das principais vantagens dos cursos técnicos para a carreira e para o currículo.

As principais vantagens de cursar o ensino médio técnico

– Maior chance de conseguir emprego

Para quem quer começar a trabalhar logo e vê no desenvolvimento profissional o caminho mais seguro para a ascensão pessoal, o curso técnico é a melhor opção. A pesquisa do ManpowerGroup revela que os técnicos lideram, no Brasil, o perfil do profissional que as empresas estão procurando e que elas têm a maior dificuldade de encontrar.

Ou seja, quem concluiu uma formação técnica tem muito mais chances de encontrar um posto de trabalho do que uma pessoa da mesma idade que não tem esta formação. A qualificação técnica é considerada o grande gargalo para aumentar a produtividade no país e, por causa disso, um caminho que tende a ser cada vez mais trilhado pelos jovens e incentivado pela iniciativa pública e privada.

– Grande variedade de opções

Uma das vantagens do ensino médio técnico é que ele permite o direcionamento da carreira para várias direções. Hoje existe uma gama ampla de cursos que preparam o jovem para atuar no mercado de trabalho, seja na cidade, seja no campo. Esta formação permite, por exemplo, que o jovem tenha maior mobilidade e poder de escolha de atuação.

A formação técnica é considerada essencial para qualquer setor produtivo industrial e da área de serviços. O mercado se desenvolve com um engenheiro coordenando vários técnicos e técnicos coordenando auxiliares. O setor agrícola nacional também tem experimentado no aumento da formação de técnicos um impulso decisivo para o aumento da produtividade e da qualidade no campo.

– Bons salários

A velha lógica do mercado para os preços dos produtos e serviços vale também para o mercado de trabalho. Quanto maior a demanda por um profissional que é escasso no mercado, maior a chance deste profissional conseguir ganhar mais. O mesmo vale para quem decide pelo ensino médio técnico.

Claro que a regra não é universal. Mas as funções do mercado em que há mais contratações do que demissões têm a tendência de pagar bem. Uma pesquisa do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) sobre este assunto revelou que a remuneração oferecida para 70% das ocupações técnicas com saldo positivo no país tinham média salarial maior do a média geral do setor industrial entre 2006 e 2013.

– Preparados para o futuro (que já chegou)

Uma das características do ensino médio técnico é que ele oferece habilidades práticas e teóricas para preparar os estudantes para as demandas do mercado de trabalho. Esse é um grande diferencial em uma era em que falamos cada vez mais do uso de tecnologia em todas as áreas, inclusive nos processos produtivos.

Participando de um evento no Brasil em 2015, a diretora global de Educação do Banco Mundial, Claudia Costin, destacou a importância de discutir cada vez mais o aprimoramento do ensino técnico no país. “A demanda mundial está migrando para competências não rotineiras. O processo de automatização é enorme, a robotização vai fazer com que muitas profissões desapareçam. Se o jovem não tiver capacidade de se reprogramar, as coisas vão se complicar”, comentou.

ASSINE PARA RECEBER AS NOVIDADES! não lhe enviaremos nenhum tipo de spam.